Os Relatórios de Atividades tal como os Planos que os antecedem, não podem nem devem ser vistos como simples fórmula de carácter meramente administrativo, destinada a satisfazer alguma burocracia. Muito mais do que isso, tais instrumentos devem espelhar, por um lado, a capacidade de resposta das instituições aos problemas que lhes são colocados enquanto que, por outro, deverão ser a evidência do grau de desenvolvimento e maturidade que sempre se espera de uma organização dinâmica, responsável e promotora da cidadania.

 

Planos e Relatórios de Atividades

Fichas Técnicas

  1. Plano de Atividades (pdf 51KB)
  2. Relatório de Atividades (pdf 46KB)
  3. Cronograma (pdf 20KB)

Regimes de elaboração

  1. Despacho nº 1281-2009 ( pdf13KB)